29

janeiro 2016

soroko

A Soroko não é uma sorveteria vegana, mas pela quantidade de opções que não contém nada de origem animal, acaba sendo bem conhecida aqui em São Paulo pelos veganos. Depois de ouvir falar muito bem dessa sorveteria, decidimos ir conhece-la.

Simplicidade. Foi o que sentimos ao chegar lá. É tudo muito simples, e popular. tem cara de sorveteria do interior, com uma lixeira de palhaço bem típica, e azulejos branquinhos. Nada moderninho, nenhum pouco hype. Eu jamais imaginaria encontrar em plena Augusta um espaço que oferecesse sorvetes veganos (algo em geral, bem gourmet por aqui), de forma tão simples e acessível. Ficamos encantadas.

jesssrk

Logo ao perguntar sobre os sabores, já ficamos empolgada. São tantas opções diferentes, é fácil se perder. Eu escolhi menta com chocolate (vegano), framboesa (vegano) e céu azul. Todos deliciosos. O de céu azul é bem mais fraco do que estou acostumada, bem mais leve. O de menta lembra chiclete e gostei pelo fato de ser bem suave e ter muito, mais MUITOS pedaços de chocolates (veganos). O de framboesa é mais forte e tem um gosto semelhante ao que faço em casa.

Agora o que me ganhou mesmo… O sorvete de rosas. SIM, sorvete de flores. Tem e é delicioso. Não era vegano, mas foi meu favorito pelo sabor exótico e extremamente suave. Eu nunca imaginei que poderia comer sorvete de pétalas de rosas. É incrível, não tem como explicar.  Uma experiência única. Foi a escolha da Jackie, junto como coco.

Além de tudo isso, de todas essas opções maravilhosas, o local é muito barato. Uma água custa R$2,00, que para o padrão de São Paulo é bem barato. Experimentamos vários sabores e não gastamos mais que R$20,00. Um preço muito justo.

Para quem estiver de passagem em Sampa, ou para quem mora aqui. É um lugar para todo mundo conhecer. Fica na Augusta, 305.


Escrito por
Jess

Málaga | Espanha
Vamos falar de viagem?  Intercalando com os posts do casamento, vou começar a mostrar para vocês um pouco do nosso destino escolhido como lua de mel: ESPANHA!  O porquê de termos escolhido esse destino, vou contar para vocês melhor em outro post, junto com nossa rota e o que você precisa saber para fazer algo parecido. Na Espanha, conhecemos várias cidades, dentre elas a nossa primeira parada foi em Málaga. Cidade (...)



comente pelo blog





13 Comentários em “Sorveteria Soroko (vegan)”


[…] mais atentos já devem ter notado que esse look é o mesmo da daylist e foi usado para ir tomar sorvete na soroko. Como anda fazendo muito calor em São Paulo, escolhi uma composição leve, e básica, perfeita […]

Eu tô louca pra ir no Sudeste e fazer um super passeio gourmet, eu sou louca pra coonhecer o gopalha, que serve comida indiana ovolactovegetariana

Jess

não conhecia esse gopalha. Já tÔ indo pesquisar ♥

ainda tentando processar qual seria o sabor do sorvete de rosas, miga. Só sei que deve ter um cheirinho maravilhoso <3

Jess

é delicioso, uma experiência indescritível. ♥

Amei a dica! E, pra variar, fiquei com vontade desse sorvete de rosas. É inusitado, causa curiosidade. Dia desses passo lá pra conhecer.

Jess

sim, é bem inusitado e polêmico. Só experimentando mesmo para saber se tu vai gostar. mas eu amei!

Fiquei com muita vontade de experimentar esse sorvete de rosas, será que dá pra fazer em casa?! haha

Jess

olha, acho meio difícil. mas pode ser que sim. Eu não sei como faz para tornar a rosa comestível (se é que ela já não é né?).

só digo que quero a versão vegana desse maldito sorvete de rosas!!

Jess

tinha que ter né?

Sorvete de rosas? Que??? Como assim gente… Tem gosto de que? -e antes que cê diga “de rosas” eu nunca comi rosas – hahahah deve ser demais!
Tanta gente falando de sorvete de menta, sinto que preciso experimentar <3

Jess

risos, vale a pena ♥

sim tem gosto de rosas. Eu tbm nunca comi rosa. Mas a gente sabe que é rosa por causa do sabor que lembra o cheiro. nosso olfato e paladar são muito ligados.