27

março 2017

Hoje compartilho com vocês uma receita que é a cara do outono, creme de abóbora.  Esta é uma receita muito simples e saborosa, você pode fazer como acompanhamento ou refeição principal. Além disso, também é muito econômica, eu gastei aproximadamente R$ 8,00 para fazê-la.

VOCÊ VAI PRECISAR DE

  • 1/2 abóbora japonesa
  • 1 pimentão amarelo
  • 1 cebola roxa
  • 1 tomate italiano
  • cebolinha a gosto
  • azeite
  • 200ml de creme de leite

  • corte o tomate, cebolinha, pimentão e cebola para o refogado.
  • leve ao fogo os ingredientes, refogando em fogo baixo com azeite.
  • corte a abóbora em pedaços pequenos e bata no liquidificador até virar um purê.
  • misture esse purê com o seu refogado e deixe apurar até obter consistência de creme.
  • acrescente o creme de leite.

E pronto! Você pode servir acompanhado de queijo, calabresa cortadinha ou croutôns. O creme fica muito encorpado, só não esqueça de acrescentar os seus temperos favoritos, assim ficará ainda mais saboroso!

Essa foi uma receita muito querida pra mim, já que é a primeira que eu compartilho com vocês diretamente da minha casinha.  Espero que gostem e me contem o que acharam!

 

RENDIMENTO MÉDIO: 4 TIJELAS


Escrito por
Jaque

Crumble de tangerina
Outono é a época das tangerinas, uma das minhas frutas favoritas! Então pensei que fazer um crumble com essa fruta, seria uma ideia deliciosa de sobremesa para essa estação! :) Você vai precisar de: 2 xícaras de farinha de mandioca (se preferir, pode usar aveia) 1 xícara de açúcar 4 colheres de sopa rasas de manteiga 2 tangerinas médias Em um recipiente, adicione a farinha, o açúcar e a (...)



comente pelo blog





5 Comentários em “Creme de abóbora”


[…] um pouco a minha alimentação e por enquanto estou conseguindo, encontrei boas dicas e receitas no Caos Criativo e no We Blog […]

Nossa! Que simples! Já está na minha lista de receitas! Adorei a receita e o blog ♥

Obrigada Bru!

Amei a receita, estou procurando várias receitas gostosas e fáceis, resolvi parar de comer carne e isso me ajuda a não ficar naquele pensamento de “ai meu deus, o que eu faço de mistura” hahaha

Nossa, eu quase não como carne Carol, então garanto que é uma ótima opção mesmo 🙂